Eu Sou

A minha foto
Telemóveis - 911 977 487 mariaraqueltavares@gmail.com

Capricórnio


Capricórnio é um signo de terra, regido pelo planeta Saturno — o símbolo da ordem, da personificação paternal/autoridade, da restrição e da disciplina.
Os nativos de Capricórnio são práticos, eficientes, conservadores, diligentes, terra a terra, sérios, reservados e astutos. Valorizam a diligência e a autoridade, são extremamente orientados para o sucesso e capazes de assumir muita responsabilidade. Pensam e operam à base de dados claros e definidos.

Capricórnio usa a razão como bússola, é amigo da realidade palpável, aquela que pode ser avaliada, medida e calculada. Assim sente-se seguro para pisar firmemente pelos caminhos que o levam até onde ambiciona.

Uma vez que são os nativos mais orientados para as carreiras, têm de estar sempre empenhados a alcançar um determinado feito, a acumular riqueza, ou a levar a cabo compromissos em certas áreas. A necessidade de serem bem sucedidos está enraizada.
A consciência madura desse signo o faz compreender a importância do tempo, palavra que aliás poderia definir todo o universo capricorniano. É o tempo que cada coisa leva para acontecer, o tempo que um planeamento leva até que possa se realizar, o passar do tempo que nos torna mais sábios.

À semelhança do símbolo, o bode, ou a cabra montanhesa, animal de passo firme, que trepa declives e ladeiras montanhosas e com firmeza e obstinação alcança o cume. É, portanto, quem retrata a concretização das metas através da própria capacidade.
Os nativos de Capricórnio são frugais, reservados, taciturnos, fechados, ciumentos, desconfiados, melancólicos, pouco convincentes, lacónicos e imunes aos elogios, sobem com garra a escada social, de forma a realizarem as ambições e atingirem o topo da pirâmide; fazem-no com paciência e persistência.Cumpre-se com o que se compromete sem pressa, mas com constância e grande determinação. 

Nascer com este signo significa que a pessoa vem aprender a cultivar e desenvolver a tolerância, partilha, devoção, receptividade às ideias dos outros.



Sagitário



De todos os signos do Zodíaco, Sagitário é o que mais deseja alargar a visão, sair do mundo fechado e intenso do Escorpião, para ir mais longe, conhecer outras culturas. Daí, a enorme necessidade, tão natural nesse signo, de viajar, conhecer países e pessoas completamente diferentes do lugar onde nasceu.

Precisa testar as verdades, colocar em prática aquilo que acredita, ver se a fé em algo invisível realmente o pode levar a alcançar patamares melhores e maiores. Assim, Sagitário quer sempre mais – e melhor. 
Tudo feito com generosidade e alegria, porque ele não deseja guardar apenas para si suas descobertas, mas precisa reparti-las com a comunidade.

A sua natureza é essencialmente optimista. Como o seu elemento é o Fogo, a força da fé, é tanta que o Sagitário pode esquecer-se do corpo, a não ser quando se dedica ao desporto, pois é um signo gregário que adora fazer algo em grupo.

A sua inteligência manifesta-se em todos os campos da vida e sabe adaptar-se às circunstâncias mais inóspitas, sempre mantendo o pensamento firme num amanhã melhor. A tal ponto que acaba por dispersar as suas energias em projectos que muitas vezes não se concretizam, o que depois o torna melancólico, ao descobrir que o mundo não é o lugar de sonho que imaginava.

É um signo justiceiro, que luta pelos fracos e oprimidos, mas também impõe a lei, gosta de fazer justiça com seu exemplo e seu julgamento. 

Escorpião - Signo da Intuição e da Empatia

O seu signo é Escorpião ? Então este texto é para si !

Nascer com este signo significa que a pessoa vem aprender a cultivar e desenvolver a serenidade, o equilíbrio emocional, a confiança, a verdade, a clareza de propósito e o auto-controle.



Escorpião é um signo da triplicidade Água, isso significa que a parte emocional é muito forte, e tem um grande domínio no raciocínio e motivação dessas pessoas, que ao contrário dos outros signos desse elemento. Regido pelo flamejante planeta Marte e pelo poderoso Plutão, possui um temperamento explosivo, sendo conhecido pela sua sede de vingança, em momentos de fúria.

Mas quem convive com ele, sabe que é sensitivo, com uma excelente intuição e sente com facilidade o que o rodeia.

As pessoas nascidas entre 23/10 3 22/11, pertencem a este signo e destacam-se pelo seu magnetismo e astúcia. Reservados e intuitivos, utilizam a força de vontade, a intuição e as emoções para ir ao fundo das coisas e alcançar uma compreensão mais profunda. Estão envolvidos nos processos mais completos da mudança e da transformação, e entendem o ciclo da destruição e da reconstrução.
À semelhança da fénix, são capazes de se erguer das cinzas e começar tudo de novo. Têm uma compreensão profunda pela natureza cíclica da vida e da morte e são impelidos por poderosas necessidades sexuais, pela vontade de ferro, pela crueldade, pelas emoções poderosas e tempestuosas e pelo autocontrole. 
Se, no entanto, as necessidades não forem reprimidas, tornam-se possessivos, ciumentos, vingativos, e podem até ser violentos. Têm tendência para desejos compulsivos, ao ponto da obsessão.
No fundo, são uma confusão de opostos e de extremos, com tendência a ver tudo a preto e branco, e difíceis de avaliar e classificar.
Podem ser descritos como pessoas enérgicas, intensas, independentes, solitárias, perigosas, corajosas, duras, misteriosas, reservadas, presunçosas e presumidas. 

A Astrologia e Eu


A Astrologia é uma linguagem divina que interpreta os movimentos celestes assim como as respectivas energias associadas e a forma como elas se manifestam na nossa vida.

Mas a energia é neutra; nós podemos ou não estar harmonizados com ela.

A Astrologia aponta o caminho que cada um deve seguir, de forma a reproduzir na matéria a sua própria divindade, através de um processo de purificação e transmutação interior.

Tudo é dual, por isso observamos no Mapa Natal, tanto os aspectos tensos, como os resultantes das aprendizagens em vidas anteriores, e que hoje são as "mais valias".

Apesar de não vermos as causas nem as consequências do que nos acontece, adoramos classificar: "isto é bom" ou "isto é mau"; "isto está certo e aquilo está errado"...

À medida que a energia da Era de Aquário, fica presente em nós, torna-se cada vez mais perigoso focar a percepção e o pensamento em qualquer coisa que seja densa, negativa ou contrária ao nosso propósito evolutivo.

O nosso pensamento, quando direccionado através da atenção e da concentração, tem poder. Tudo aquilo em que focamos a nossa atenção é amplificado por uma energia tipo "raio laser", isto não é mais que co-criação ou melhor dizendo isto é A LEI DA ATRACÇÃO.

Então ao invés de focalizar a vossa atenção nas toxinas que ingerem... foquem os vossos pensamentos na purificação de tudo aquilo com que se alimentam. Em vez de pensarem nos problemas (físicos, emocionais ou mentais), pensem na grande percentagem de divindade que há em vós.

Ninguém chega livre de um passado. Não começamos aqui, nem terminamos aqui, a nossa existência.

A vida é eterna!

Possuimos o potencial de usarmos a sabedoria interna, no sentido de desenvolvimento e crescimento pessoal, enquanto seres de Luz.

A Astrologia ajuda a conhecer o nosso potencial e representa uma das oportunidades mais fascinantes para que, entrem em contacto com o estado em que se encontra a própria consciência.


A Astrologia é a linguagem mais fascinante que pode ser aprendida. É a única linguagem que, ao ser aprendida, transforma irreversivelmente os próprios processos pelos quais o cérebro pensa e compreende a realidade; e como qualquer linguagem simbólica, desenvolve, treina e afina a intuição.

Esta educação pelos astros permite integrar as vibrações energéticas a cumprir no plano físico, indicando o que vem aprender, qual a missão terrena para a evolução da alma e o caminho de regresso a casa. Muito para além da mente, o nosso corpo regista as nossas emoções e sabe identificar muito bem o que é confortável e o que não é.


Aproveitando a ligação que temos ao corpo, a Astrologia Vivencial permite-nos então sentir os Planetas no corpo e nas emoções através de exercicios onde facilmente iremos registar e recordar o que eles representam e não só no plano mental, como os livros e as aulas teóricas fazem...


Equinócio de Outono


A palavra Equinócio deriva do Latim e significa, literalmente, "noite igual", querendo traduzir o dia em que a noite e o período diurno têm exactamente a mesma duração. 
Esta data oscila sempre entre os dias 22 e 23 de Setembro, pois varia em função do movimento de rotação da Terra e do nascer e pôr do Sol, marcando o momento a partir do qual as noites se tornam cada vez maiores, ganhando tempo em relação ao dia.

É um festival da colheita, onde é reconhecido o que se tem aprendido e recebido ao longo do ano e como se irá usar esse conhecimento no futuro. Esta celebração é um momento de reflexão sobre o que conseguimos e para onde vamos a seguir.
Os conceitos de equilíbrio são sentidos neste momento, permitindo-nos a oportunidade de sentir o mundos de paradoxo e dualidade que nos rodeiam e integram.
É tempo de balanço, para olhar para a nossa vida e conciliar as necessidades pessoais com os compromissos do exterior.

O grande professor


A mitologia grega diz que Cronos (Saturno) castrou o seu pai Urano e depois devorou os seus próprios filhos para evitar ser capaz de substituí-lo no governo mundial. Ele era representado como um homem velho, com uma foice na mão e às vezes carrega uma ampulheta, simbolizando a passagem do tempo. "Pai Tempo que engole tudo".
Na astrologia, Saturno é considerado o planeta do tempo e do karma. Karma é a lei de causa e efeito, e entende-se que Saturno é responsável por lidar com as consequências das nossas acções. Saturno simboliza o passado, a tradição, o pai, a autoridade ou qualquer princípio restritivo e formativo.

Saturno está em Capricórnio desde o dia 20 de Dezembro de 2017 até 22 de Março de 2020. Capricórnio é de facto o local no zodíaco que mais se assemelha a natureza essencial de Saturno, trata-se do seu domicílio noturno. A grande questão aqui é que vemos Saturno funcionar da maneira mais típica possível e sua expressão ecoa de forma muito profunda, afectando até mesmo aqueles que não tem necessariamente uma relação forte com este planeta.
É um posicionamento que traz algumas mensagens universais muito importantes. Chama-nos para a responsabilidade, convida-nos a amadurecer, sob a severidade da ameaça de limitações e retrocessos que normalmente ninguém deseja para si.

Desde Abril deste ano, quando Saturno entra em movimento retrógrado, todas as situações que ficaram por resolver, precisam ser resolvidas, definitivamente. Aqui impera o fazer o que tem que ser feito, enquanto ainda é tempo. É a hora da verdade.
Um planeta retrógrado, visto da Terra parece estar a mover-se para trás, devido às posições respectivas entre os dois corpos celestes e, quando isso ocorre, a energia cósmica atrasa na área específica, regida pelo planeta em questão.
Positivamente, Saturno representa qualidades como senso de responsabilidade, perseverança, trabalho e determinação. É um momento de reflexão, quando olhamos para trás e valorizamos o que fizemos até agora para corrigir os erros e avançar com maior maturidade.
Simboliza o desenvolvimento do valor pessoal. Dá consciência de que o retorno é resultado directo do esforço pessoal e da atitude responsável....
Saturno é a sabedoria que resulta de uma aplicação ponderada do conhecimento.


Hoje, 18 de Setembro de 2019, o planeta Saturno, regente de Capricórnio, causando alguns contratempos e dores de cabeça, passa a directo.
Com o trânsito directo de Saturno em Capricórnio a partir de hoje, acentuam-se as melhores qualidades pessoais de cada signo no campo da disciplina, trabalho, conhecimento e responsabilidade.

... desafiante Julho


Julho, abre o segundo semestre do ano, repleto de emoções fortes. No Céu desenha-se um mês planetário tenso. Temos Mercúrio, Júpiter, Saturno, Neptuno e Plutão em movimento retrógrado e ainda no inicio do mês assistimos ao eclipse total do Sol no signo de Caranguejo e hoje vamos ver o eclipse parcial da Lua em Capricórnio que se junta a Saturno e Plutão, que estão em trânsito por esse signo. 
Há portanto a necessidade de reavaliar o que temos andado a fazer. Esta Lua  potencializa os efeitos de Saturno e Plutão e de tudo mais que já estiver a acontecer, levando algumas situações ao limite. É o momento ideal para rever os nossos planos, olhar e refazer o que for preciso.
Os seis últimos meses do ano querem, direi mesmo, exigem cautela. Claro que não podemos parar, há que seguir em frente, mas temos de ter a certeza do que queremos e estamos a fazer. Olhar para trás e aprender com a experiência, do que já fizemos, pode ser o grande guia para não repetir velhos erros.
Este pode ser um momento crítico, de fins e começos, de mudanças importantes e de tensão. Pode ser a hora de encarar a verdade, de ver a vida como ela de facto é, de fazer algum movimento antes que a vida faça por nós.
Não vale a pena ir contra o fluxo da vida, nem tentar controlar o que não pode ser controlado, é o momento de dar luz a tudo o que estava ainda na escuridão. No momento de um eclipse, já que falta a Luz “fora”, somos obrigados a olhar para dentro e encarar os nossos próprios medos e dramas e, com isso, também encontrar nossos próprios recursos e potenciais.
Emocionalmente, podemos sentir-nos mais angustiados, irritados, com um humor flutuante, as coisas podem intensificar-se e magoarmo-nos com mais facilidade, parece que tudo é elevado a uma potência enorme. Assim, devemos ter cuidado para não sermos dramáticos com os acontecimentos. Por outro lado, também não devemos "fingir" que nada acontece. A energia de Capricórnio, é sóbria, prática e tenta resolver tudo com algum pragmatismo, mas se tentarmos abafar as nossas emoções, só fará com que se venham a manifestar mais para a frente e pode ser de forma mais perigosa.
A área afectada é onde temos o eixo Capricórnio / Caranguejo no nosso mapa natal. É aí que temos de fazer as mudanças.
Devemos por isso, prestar mais atenção a tudo o que acontece à nossa volta, olhar as nossas sombras com coragem, integrar e encarar os desafios que nos forem propostos, pois só assim seguimos em frente. Olho para o momento como um teste, que nos é colocado para percebermos onde estamos e para nos acordar, de forma a fazermos as mudanças que a vida espera de nós, para alinharmos o nosso caminho, com o propósito de vida que trazemos.

Quiron entra no signo de Carneiro....


Quíron coloca-nos no caminho, com a sua força e violência a manifestarem-se nas nossas vidas. Ele recorda-nos que devemos equacionar o irracional com o racional, o instinto com a inteligência, o corpo com a mente e a alma com o espírito.


 Quíron representa a parte de nós que é, ao mesmo tempo, a nossa ferida e a nossa capacidade de curar; de ser mentor, guia, porta de entrada e, simultaneamente, a chave que abre as portas da nossa verdadeira essência e nos coloca em contacto com a nossa espiritualidade. Ele funciona como um elevador incorpóreo, que nos transporta directamente à nossa alma.


A energia do Quíron natal e de Quíron em trânsito é profundíssima e forte, operando muitas vezes por via do subconsciente. Quíron, na área espiritual, funciona como o Marte astrológico em potência e é com violência que concretiza. Diz Quíron: “tu não és o teu corpo, tu és a tua alma, temporariamente no teu corpo”.
O propósito de Quíron é perfurar a matéria, mas não para estarmos desligados desta, antes para que consigamos estabelecer a ponte entre a nossa alma e este corpo que habitamos.
A astrologia tem deixado muito abandonado este planeta que, na minha prática diária, verifico estar por detrás de imensas e importantíssimas transformações no indivíduo, metamorfoseando-o num ser individual mais apto, para, através da sua senda pessoal, intervir de forma curadora na sociedade que o rodeia.
Quíron mergulhou na vibração marciana do signo de Carneiro. Iniciou novo ciclo astrológico.
Quem eu sou? Porque estou aqui? Serão as nossas principais inquietações! Por muito bem resolvidos que estejamos, seremos invadidos por estas inquietudes. A ideia é renovarmo-nos, tornarmo-nos algo inteiramente novo.
A nossa coragem, confiança e assertividade serão postas à prova.



Quíron, captando a energia de Marte, favorece o ímpeto, a possibilidade de pôr em marcha, de experimentar, de ser pioneiro, quiçá fazer diferente ou fazer a diferença... Contudo, para que tal seja possível, será necessário ser disciplinado de modo a mobilizar, de forma positiva, esta energia de Quíron.
Quíron, em Carneiro, é rápido a reagir, tem tendência à acção prematura, sobretudo no que concerne à ameaça emocional. Durante este trânsito, ser-nos-á dada a oportunidade de refrear impulsos agressivos que, geralmente, desenvolvemos quando nos sentimos inseguros.
Por vezes, não é fácil reconhecermos o que realmente almejamos para a nossas vidas. Quando nos confrontamos com as nossas expectativas e anseios - e esta energia quirótica é favorável para que aconteça - podemos entrar em pânico com a descoberta. Podemos chegar ao ponto de nunca assumir e acabar por ocultar ou camuflar o que realmente queremos. Como resultado, uma profunda frustração pode acabar por nos assombrar, o que constitui um infrutífero desperdício de energia.
Quíron, em Carneiro, tem propensão para se auto sabotar, no sentido de que “falta qualquer coisa” ... Mesmo que, aparentemente, nada falte pode, pura e simplesmente, faltar a aprovação do outro. Batalhar pelas causas dos outros acaba por parecer mais simples e, sendo assim, está tudo bem, desde que persiga essa causa porque ela também é sua. A insuficiência que julga ter torna-o incapaz de pedir ajuda aos outros, mas deverá ter em conta que não está sozinho e que pedir ajuda e apoio poderá ser libertador.

Neste contexto, dê uma oportunidade a si próprio, aproveite esta energia, supere ideias preconcebidas E não seja o sabotador das suas próprias iniciativas.

Texto de Magda Moita

Retorno Solar....

Se o mapa de nascimento é uma figura do céu quando uma pessoa nasce, o retorno solar é uma imagem do céu apenas no dia do aniversário e mostrará as tendências do ciclo que começará e o modo como irão decorrer os 365 dias que estão por vir. 



Hoje às 13h 46m 51s, o Sol em trânsito, conecta-se com o meu Sol Natal, ou seja está no mesmo grau em que estava no dia do meu nascimento, por isso se chama, retorno. 


Este ano tenho Caranguejo no Ascendente, assim, a proposta do Universo para mim é de um mergulho profundo na alma.

É um ano governado pela Lua e a palavra de ordem é resgatar as memórias do passado, através de uma viagem do agora rumo ao ontem, para analisar (Lua está na Casa 6) sentimentos, relações, ideias e projectos que ficaram para trás e, desta forma, fortalecer as minhas raízes, sustentar os meus sonhos e adquirir uma nova visão sobre os acontecimentos.

Por vezes ressignificar o passado, ajuda a ir mais à frente - sair do circulo. sim, porque não é para ficar lá atrás, mas sim, trazer o que é preciso à luz da consciência e tornar-me mais realizada, uma vez que a capacidade de captar vibrações do ambiente está mais elevada e sugere a necessidade de evitar desnecessariamente situações de stress.

Introspecção - é o movimento que me irá permitir estar num encontro permanente com a minha própria alma... de me encantar e entregar emocionalmente com intensidade, à própria vida.


Sendo o Sol, a Lua, o Ascendente e o Meio do Céu os mais importantes do retorno solar, eles podem delinear acontecimentos diários à medida que progridem no mapa e entram em contacto com os planetas. Com o Sol na Casa 9, irei voltar-me para novos estudos esotéricos e com o MC em Peixes, vou estar muito sensível ao ambiente que me rodeia.


Assim em Março é tempo de observar, silenciar e absorver, aquilo que me rodeia, porque sei que dentro de mim, existem as respostas, que querem chegar se eu permitir e estiver mais atenta.
- Em Abril, estarei mais ciente daquilo que é importante e devo defender.
- Em Maio preciso aceitar o que precisa de partir. Os assuntos ligados à família, reuniões familiares e assuntos familiares tornam-se o foco de atenção.

O mês de Junho chega com um convite à conexão com a minha intuição, as minhas emoções, a minha capacidade de nutrir e por isso tenho que reservar espaço para estar comigo e com aquilo que sou enquanto Mulher, de modo a escutar a minha voz interior e afastar-me em consciência de tudo aquilo que me bloqueia a expansão intuitiva.

Com Julho vêm as férias, mas este ano, é um mês que pede recolhimento e interiorização
- Em Agosto, irei sentir necessidade de aprender mais ou aceder a informação que poderá não ser fácil de obter. Terei coragem para enfrentar aquilo que for preciso.
- Setembro, sinto-me bem. Um mês que me irei sentir feliz e realizada. Honro-me e honro as minhas relações, sejam elas quais forem.
- Em Outubro priveligio os momentos que me possam trazer cura interna. Aceito os desafios, ciente que apenas no movimento posso criar, destruir e curar.
Um ajuste será necessário em Novembro. Entrego-me à sabedoria da vida, e confio que o que vem, vem para meu bem supremo, e por isso expresso gratidão por tudo o que sou e tenho neste momento.
Com Dezembro o acesso à minha intuição estará mais forte. Fecho os olhos e deixo que a minha mente e o meu coração me mostrem as respostas.
Chego ao novo ano com mais sabedoria e sou convidada a mostrar e dizer ao Universo onde me quero focar daqui para a frente. Entendo que crio o meu foco, e por isso não me distraio pondo energia naquilo que quero.
Embora chamado Inferno Astral, Fevereiro é um mês que me exige mais concentração, então preciso de dar atenção ao equilibrio entre dar e receber. É importante que saiba manter-me equilibrada e que não permita que a minha energia drene.

Balança




Balança, pertence ao elemento Ar e é o sétimo signo do Zodíaco. O regente de Balança é Vénus, que o faz apreciar os prazeres da vida, e lhe dá o encanto e uma beleza menos terrena.
Marca a fronteira entre o mundo individual e particular, é o início da vida na colectividade, a socialização, das parcerias. Começa a troca com a comunidade maior em que vive.

Balança simboliza o contacto com o outro por meio da fluidez, da justiça e do equilíbrio nas relações, em que mais vale a harmonia do relacionamento em si, do que os dotes da pessoa com a qual se relaciona. Marca mudança de estação, por isso, é um dos que movimentam a vida.

Balança é um signo mental. É hora de florescer, de fazer arte, de equilibrar, de embelezar. Procura harmonizar até os elementos mais diversos e para fazer isso, é preciso julgar, avaliar, e Balança teme o julgamento, daí hesita, pois precisa ser o mais equilibrado e pode enganar-se.
Consegue identificar a natureza subtil, o meio-termo, a complementação, os semi-tons, a beleza e a justiça, e daí a sua inspiração nas artes. O espírito vibra acima da matéria e este signo sociável procura realizar-se por meio de sua relação com as pessoas que o cercam.

Retrogradação...

Hoje, resolvi desmistificar um tema que sinto faz confusão a muita gente - Planetas retrógrados.

Quando se fala de "planetas retrógrados", fala-se do movimento aparente desses planetas, vistos da Terra. Quando estamos num comboio e ultrapassamos um outro, mais lento, temos a impressão de que este último recua - e, no entanto, sabemos perfeitamente que não é o caso. 
Quando a Terra, em sua órbita, avança mais rápido que um planeta (visto da Terra), esse planeta parece recuar. Na verdade, ele continua a avançar, como o comboio, e é apenas uma impressão.
A astrologia é o estudo dos astros do ponto de vista da Terra; observamos os raios que esses astros nos enviam, mas não o seu movimento real, objectivo (este último é estudado pela astronomia).
Como interpretar o movimento aparentemente retrógrado de um planeta?
Parece que, para nós, uma parte do poder desse planeta se perdeu.
Os planetas retrógrados permitem compreender os problemas de uma personalidade: eles indicam os campos nos quais nos custará mais a encontrar o equilíbrio.

Os planetas retrógrados direccionam a sua energia para dentro de nós, convidando-nos a viagens ao nosso mais íntimo e pessoal Universo interno, para que possamos ver-nos e sentir-nos, e ainda para termos a oportunidade de sermos mais genuínos, personalizados e individualizados nas nossas acções para fora!

Virgem




Virgem, é um signo mutável e pertence ao elemento Terra. Simboliza o momento em que o homem, depois de provar o seu valor, a sua capacidade e o seu poder em Leão, percebe que é preciso colocar tudo isso ao serviço. Regido por Mercúrio, que aqui se comunica e expressa na capacidade de raciocinio,  traz uma percepção mais realista das coisas, feitas com paciência e diligência.
Mercúrio não se perde em ilusões, nem pelo medo ou pelo pessimismo, ele pura e simplesmente vê as coisas como elas são e trabalha exclusivamente com o que está disponível aos sentidos.

Virgem é o signo que analisa, disseca, e nesse processo, estabelece as relações com o meio em que está. Tem a mania das limpezas, sente necessidade em se aprimorar, aperfeiçoar o que criou, aceitando humildemente que não sabe nem pode tudo e que faz parte de um organismo maior.

Virgem é o signo do cálculo e perde-se uma rotina precisa e clara. O cepticismo, necessário para um bom analista que percebe e observa tudo, marca a sua visão de mundo. Lógico, perfeccionista e crítico com o mundo, os sistemas e a comunidade em que vive, bem como com as pessoas com quem trabalha ou convive, quando percebe que possui falhas e pode ser também criticado, fecha-se e torna-se susceptível.

Leão





Leão, pertence ao elemento Fogo e tem como função básica a fixação da germinação que ocorreu no escuro silencioso e protegido de Caranguejo, o signo anterior. Regido pelo Sol, Leão significa o momento em que os primeiros frutos dão rebentos, uma vez que a semente foi bem plantada.

Signo fixo, Leão simboliza a força da criação, a auto-afirmação. Nem todos os leoninos têm o rei na barriga, eles desafiam o ambiente externo, que pode ser hostil e inóspito. É necessário focar apenas o desejo de ser, algo que precisa ser feito com coragem, a despeito de todo o movimento em contrário que possa existir. O Leão é conhecido pela força – até mesmo autoritária – com que impõe a sua vontade, curvado que é à paixão de realizar o seu próprio destino: florescer, frutificar, criar, com toda a nobreza e honra que algo criado possui.


O Curso de Astrologia Alquimica, tem como principal objectivo o auto conhecimento, e nesta perspetiva os Módulos Mensais, estão abertos a pessoas do signo (ou do ascendente) em estudo, que sintam vontade de se conhecer melhor.
Cada pessoa é um mundo interminável de possibilidades e por isso, temos de ser capazes de ver mais além, ver de cima.

E muito mais há a dizer sobre Leão, quer vir conhecer-se melhor, perceber porque é que Leão simboliza a força da criação ?... 
porque é que se move pela paixão de ralizar o seu próprio destino ?... 
porque é conhecido por impor a sua vontade ?


Caranguejo


No dia 2 de Julho, falei sobre o primeiro signo do elemento Água - Caranguejo. 

O seu signo é Caranguejo ? Então este texto é para si !


O Curso de Astrologia Alquimica, tem como principal objectivo o auto conhecimento, e nesta perspetiva os Módulos Mensais, estão abertos a pessoas do signo (ou do ascendente) em estudo, que sintam vontade de se conhecer melhor.
Cada pessoa é um mundo interminável de possibilidades e por isso, temos de ser capazes de ver mais além, ver de cima.

Este signo inaugura o segundo processo trifásico dentro do ciclo maior de criação do universo.

Instável como as marés, relacionadas a este signo, que está sob a regência da Lua, Caranguejo move-se de acordo com seu instinto de protecção, o seu sentimento e as suas emoções. Sonhador, um pouco tímido, ligado à família, preocupado com o futuro, mas com um olho no passado, Caranguejo é um signo de silêncio, de auto-protecção, pois a semente precisa estar cercada de cuidados para poder germinar na protecção do escuro, longe dos olhares e dos comentários.

Para cumprir com essa função, de sentir o que é preciso para garantir a gestação, Caranguejo torna-se um eterno sonhador, sedentário e apegado demais às tradições, cheio de manias que considera fundamentais, ou se inibe, tornando-se resignado e melancólico. Mas nem todos são saudosistas.....


Gémeos


O Curso de Astrologia Alquimica, é uma excelente ferramenta de auto conhecimento e desenvolvimento pessoal. Assim, resolvi abrir os Módulos Mensais, para terem acesso a um conhecimento mais pormenorizado de como actuam na Vida.
No anúncio de inicio do curso, escrevi que cada pessoa é um mundo interminável de possibilidades e por isso, temos de ser capazes de ver mais além, ver de cima. 

Na próxima aula, que será a 6 de Maio, irei falar sobre o signo de Gémeos e o seu regente, Mercúrio.

Terceiro signo do Zodíaco, primeiro do elemento Ar, a função básica de Gémeos é disseminar e difundir o que Touro criou e consolidou a partir do impulso de Carneiro.
O movimento da criação de algo passa sempre, no Zodíaco, por um processo trifásico, ou seja: um signo manifesta um impulso, em seguida outro estabiliza-a e concentra e um outro a distribui, dissemina para que outro processo tenha início.
Aqui, temos a conclusão do primeiro processo trifásico da ordem universal.
Em Gémeos, tudo já foi manifestado e trata-se agora de espalhar a notícia de que algo existe. Este é o mensageiro do Universo.
Gémeos não existe para consolidar, nem para impor nenhum desejo. Ele tem a curiosidade e a maleabilidade necessárias para fazer com que aquilo que foi criado e manifestado entre em contato com um todo maior, o meio. Daí a relação de Gémeos com a notícia, a informação, a variedade, a troca. Tudo é movimento, nada é constância.
Agente de ligação, repórter da vida, chefe do intercâmbio, aprendiz de tudo, mestre da mágica de convencer pela palavra - a distração e a dispersão se tornam os maiores problemas na vida de Gémeos.

Touro




A próxima aula, que será a 7 de Abril, irei falar sobre o signo Touro.

Touro, pertence ao elemento Terra e tem a função de estabilizar as conquistas e os caminhos abertos por Carneiro, e por isso mantém os pés bem firmes na terra, aguentando com paciência o que muitos outros abandonam pela metade. Regido por Vénus que governa o relacionamento com os outros. O amor, o bem-estar e a generosidade.

Touro compreende a beleza, aspira a ela e tem a obstinação necessária para superar todos os entraves à realização, no mundo concreto, de uma ideia, projecto ou inspiração. Daí, Touro torna-se teimoso, porque tem de levar para a frente aquilo em que investe.

É fácil compreender que, se o objetivo básico de Touro é a realização e a consolidação, é só a partir do valor que reconhece em algo que se torna capaz de se esforçar para realizá-lo. Daí que a palavra “valor” é mágica para Touro.

Essa necessidade de descobrir o valor de tudo está na base de sua preferência amorosa, profissional e existencial. Mas quando percebe o valor de algo – e isso implica em fazer uma escolha entre mil outras possibilidades – daí vai até o fim.

Touro é considerado oconstrutor do Universo.

Hoje é o inicio do novo ano astrológico.



Carneiro, pertence ao elemento Fogo e simboliza o começo de tudo, o momento do nascimento e a luta pela vida. Regido por Marte que lhe confere individualismo, força de vontade e ambição.

É o signo dos inícios, que projecta no tempo presente, com o seu impulso, o desejo... É a força do instinto, que abre caminho entre as dificuldades, movida apenas pela vontade de se impor. Combate com entusiasmo tudo o que quer, por isso é muitas vezes impaciente e tem alguma dificuldade em obedecer a regras.

Apesar de extrovertido e um tanto precipitado, Carneiro é um pioneiro, um visionário que respeita o que sente. Em algum campo da vida, tem de se projectar, impor o fogo que inspira a sua vida, e para sentir que está vivo, é capaz de remar contra todas as correntes.

É por isso que este é um signo que poucas vezes se curva às vontades alheias, às considerações de adequação – isso pode se manifestar na firmeza de convicções e na independência de comportamento. A mentira o desconcerta e a hipocrisia o confunde.

Nova turma para o curso de Astrologia


A abordagem da astrologia, como caminho de auto-conhecimento e da vida, é ensinada neste curso, numa perspectiva terapêutica e prática. 
A dinâmica alquímica dos planetas na nossa vida é explicada e sentida em cada aula, através do desenho do céu de cada um dos participantes e exercicios adequados.
Para além deste trabalho interno, ficam os alunos aptos para interpretar os mapas astrais, e se assim o sentirem, com uma saída profissional.

Mapa Alquimico da Vida


A carta natal já contém em si, uma determinada forma energética em manifestação, no entanto, o acréscimo de consciência alcançado ao longo da vida, possibilita a recriação de novos padrões e de novas formas energéticas. Evoluir do ponto de vista relativo é sentirmo-nos criativos a todo o momento, de forma a que não fiquemos intimidados pelo tempo consumista, pelo tempo repetitivo que corrói e cristaliza. 

O estudo do tema individual ou Mapa Natal, não só descreve o corpo doente, a mente desequilibrada, ou a vida emocional perturbada, como também, mais ainda, pode responder às questões fundamentais que nos colocamos:
Quem sou eu? 
Para que serve a minha existência? 
Onde irei depois de minha morte? 
De onde vim? 
Qual é a minha missão aqui?

Efectivamente, um tema analisado na perspectiva "cármica" explica luminosamente os gostos, o temperamento, os defeitos e as qualidades do nativo. Descemos aí a um nível de investigação muito mais profundo do que a psicanálise, já que essa astrologia espiritual reconhece a marca das experiências anteriores sobre o comportamento actual do sujeito. Os traumatismos das vidas anteriores podem ser lidos num tema natal.

No mapa natal estão contidas informações sobre nosso passado, a bagagem que trazemos, onde ficamos presos, os padrões repetitivos que impedem nosso crescimento. Ao mesmo tempo, o mapa também mostra as qualidades que devemos cultivar, os desafios que precisamos abraçar, o que nossa alma se propôs a trabalhar nesta vida para a cura do carma. São direcções, caminhos, potenciais, que podem ser aproveitados ou não.

É maravilhoso observar que não existem "fios soltos" no mapa. As posições de todas as casas e planetas, todos os pontos marcados, não estão ali por mero acaso. Sabemos que o acaso não existe!